terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Sentido pra se viver...


Olho sempre de forma desconfiada para pessoas que dizem liberalmente que são felizes...
Não há como saber o que motiva alguém a dizer isto, e pessoalmente, considero que na maioria das vezes seja mentira, empolgação ou uma mera ilusão.
Não quero ser pessimista... Mas se alguém me diz empolgada que é feliz, eu vou logo respondendo: Tenha calma que isso já já vai passar...
Mas tenho que admitir que ela existe!
Pois é! A felicidade existe, e não se trata de uma mera alegria que passa rapidamente... Realmente é possível ser feliz ou se viver feliz por algum tempo, e quem sabe porque não, ser feliz para sempre!
Só que infelizmente, feliz para sempre é algo que só lemos no final do livro de nossas vidas, e mais infelizmente ainda, nem sempre é isso que está escrito no fim do livro.
O fato é que pessoalmente eu me lembro de poucas vezes em minha vida em que me senti completamente feliz.
Uma vez fui feliz amando uma mulher! Achava que esta era a vida que eu quería pra sempre, e que ela era digna de toda a minha dedicação eternamente.... Foi legal até eu descobrir que depois de cinco anos, ela já estava a oito meses com outro cara. Foi assim que eu descobri que minha felicidade não podería estar nas mãos de mulher alguma.
Outra vez eu fui feliz liderando uma banda! Advinhem só!? A banda se desfez por invejas e ciumes, e todo o meu sonho e felicidade foram pelo ralo junto com ela...
Ah e teve também a vez em que eu fui feliz com meu trabalho.... Nem preciso dizer que não saiu tudo como eu esperava né?
A verdade é que durante todo este tempo, aos poucos fui perdendo o prazer pelas coisas.
Sempre tive dinheiro e o dinheiro nunca me teve, sendo assim ele nunca me trouxe felicidade alguma. E se este prazer eu não tenho, só me restaram os outros que aos poucos fui perdendo...
O prazer de confiar em alguém e se dedicar a esta pessoa acima de tudo, o prazer de liderar um grupo e de chegar a algum lugar, o prazer de ser reconhecido como um profissional muito bom no que faz... Enfim, todas estas coisas continuam acontecendo na minha vida, mas apesar disto, as decepções me fizeram perder o prazer em todas elas.
As vezes fico questionando a Deus porque Ele permitiu que eu perdesse todas estas direções e encontrasse minha vida sempre tão sem sentido.
É assim que encontro sentido apenas em orientar pessoas, ajudar feridos, estender a mão aos desesperados e em servir a Deus de alguma forma.
Aos poucos Deus tirou da minha vida muitos dos prazeres que eu tanto apreciava, e aos poucos só vai restando na minha vida prazer por Deus.
Quem sabe não é este o sentido pra se viver?
Porque dEle por Ele e pra Ele foram feitas todas as coisas.
Apesar de muitas teorias, e apesar de jamais perder as esperanças de encontrar minhas respostas...
Olho sempre de forma desconfiada para pessoas que dizem liberalmente que são felizes...

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial