domingo, 20 de julho de 2008

Pensamento POSITIVO

Positivos são os pensamentos que possam ser considerados eminente e exclusivamente construtivos, não admitindo meio-termo ou outra interpretação qualquer, sob pena de ser dúbio, duvidoso ou negativo. Os pensamentos positivos sempre conduzem o indivíduo ao sucesso, à prosperidade, à firmação do seu conceito pessoal, familiar, profissional e social, permitindo-lhe usufruir o que de melhor a vida possa oferecer, como paz, calma e tranqüilidade. Pensar positivamente é o mesmo que escolher o bem ou o bom. É optar pela moral, pela honestidade em todos os sentidos. O pensamento positivo sempre leva o comportamento individual a uma direção cujas perspectivas são sempre favoráveis além de permitir uma sensação íntima de segurança e paz. O homem com pensamentos positivos está sempre em paz consigo mesmo e com todos os seus semelhantes. A todos quer muito bem e de todos é querido e por todos respeitado. Seu semblante sempre irradia tranqüilidade, e suas expressões e modos, simpatia. Infunde harmonia, desperta otimismo. Seus negócios podem não ser em termos de uma grande empresa, mas sempre são estáveis, honestos, seguros e destinados a transformar-se em grande empresa. Amigo dos hábitos moderados, tem todas as condições para manter um excelente equilíbrio de comportamento, o que o torna magnificamente conceituado no consenso geral, assim como mantém sua saúde sempre em ritmo de normalidade. Tudo é sobriedade, sem o menor rasgo de vaidade, sem laivos de jactância pela firmeza da personalidade. Inimigo da crítica, se a ela é levado, será sempre no sentido construtivo, visando auxiliar, reparar ou formular e nunca para por em evidência o lado negativo de quem quer que seja o objetivo mesquinho de ressaltar sua positividade. A mesquinhez, aliás, é uma palavra abolida no seu dicionário, dentro da firme e correta crença de que a vida e tudo o que ela concerne é por demais grandioso para ser desperdiçado com coisas que sirvam para denegri-la ou torna-la contrária aquilo que concebe a seu respeito.
A força mágica do pensamento positivo é o caminho natural para a ascensão e para o progresso individual, Traz luz, certeza, intuição do que se deve fazer ou precisa ser feito. O indivíduo sempre acaba por ter uma noção perfeitamente clara do que realmente ampliada, despertando a fé, destruindo todos eles se encontram e o que fazer para se chegar a eles. É que uma das características mais importantes deste modo de proceder está na floração da auto-confiança e ao mesmo tempo confiança na inevitabilidade dos resultados que se pretende alcançar. O indivíduo não fica quedado a pensar: “Ah! Se eu tivesse...” O que realmente ele pensa é: “Como poderei ter...” E tudo o que pretende ter é sempre elevado, digno, honesto, legítimo, da mais absoluta e indiscutível escorreição. Acentua a criatividade e, com ela, o poder de materializar coisas que o beneficiam e beneficiam os seus semelhantes. Não resta a menor dúvida que o pensamento positivo somente materializa bons resultados, pois os procedimentos e hábitos a ele inerentes são sempre análogos, isto é, mesclados de positividade. Além disso, a própria faculdade de pensar é enormemente deseja, quais são os seus objetivos reais, onde os temores e oferecendo uma percepção quase que instintiva para evitar ou repelir tudo o que venha a ser negativo.
Concomitantemente, pela sua natureza dinâmica, o pensamento positivo também amplia a operosidade individual, elevando-a não só ao máximo como destacando-a com o que possa ter de melhor, mas sem que haja desperdício de energia, ou sem que ocorra o inconveniente desta ser dirigida a lado errôneo.
A positividade de pensamento não tem receio do pensamento negativo. Pelo contrário, reconhece-o e, sempre que necessário, enfrenta-o. Mas o indivíduo por causa dele, não aceita ficar estático, parado, admitindo-o como barreira. Combate-o, vence-o e prossegue seu caminho, porque sabe que todos nós, por esta ou aquela razão, sempre somos, de quando em quando, vítimas de maiores ou menores crises de depressão, apesar da constante vigilância. O que faz é simplesmente isto: substitui o pensamento negativo incontinenti por outro positivo. O pensamento negativo é simplesmente posto de lado e.... Pronto!
Além de reconhecer e não temer o pensamento contrário, o pensamento positivo não é fantasioso, de molde a tornar o indivíduo um visionário ou sonhador inconsistente. Pelo contrário, procura encarar todas as coisas por um prisma absolutamente realista, friamente, sem o menor exagero. Reconhece que as coisas e os fatos fundamentalmente possuem dois lados ou faces: o bom e o mau. Mas sua tendência será sempre a de realçar o lado bom, ampliando-o o máximo que for possível. Esse é o segredo que lhe permite ver coisas onde ninguém é capaz de ver nada, descobrindo qualidades, estados, questões e eventos que trazem respostas e soluções sempre corretas a todas as indagações.
A mente habituada ao pensamento positivo é uma verdadeira fortaleza, dia a dia mais resistente. Ao lado de sua resistência há também a estimulação constante, tendendo e predispondo o indivíduo a ser sempre bem sucedido em todos os seus empreendimentos. Por outro lado, a resistência da mente não permite a manifestação plena de qualquer pensamento negativo, sufocando-o no nascedouro, por assim dizer.
Só permite a manifestação de elementos que possam produzir saúde, bem estar, progresso e sucesso.
Como não conhece a mesquinhez, também não conhece a covardia. Mesmo as fraquezas próprias a todas as criaturas humanas são sabiamente aproveitadas e convergidas em força. O pensamento positivo, que é um grande e vital fator de progresso e aperfeiçoamento, tem por veículo principal a lei da sugestão, mediante o que, entre outros resultados, influi interior e exteriormente, atrai bons resultados e coisas, apura o indivíduo e aperfeiçoa o seu caráter em grau máximo. Em todo caso, para que possa ser efetivamente atuante, exige confiança. O essencial é saber que o indivíduo que se habitua ao pensamento positivo experimenta sempre uma grande e extraordinária transformação na sua vida.
Quem desejar se habituar a ele, isto é, a conceber corretamente a faculdade de pensar, deve ser sempre perseverante na sua prática, que deve ser correta, sob pena de atrair outros resultados que não os desejados. Não se pensa positivamente para tentar obter uma coisa que seja negativa, pois a sinceridade e honestidade de propósitos devem ser absolutos. As pequenas barreiras que irão surgir inicialmente são naturais e podem ser combatidas eficientemente. A implantação de um novo hábito sempre suscita uma reação do hábito antigo e a persistência acabará determinando a vitória daquele sobre este. Pensar é também um hábito, e pensar positivamente é o melhor de todos eles.
O pensamento positivo, constante e ininterrupto, é a mola mestra do aperfeiçoamento da personalidade e do caráter, contribuindo sobremaneira para o progresso de todo o conjunto do comportamento humano e concomitantemente para o desenvolvimento da força de vontade, do controle emocional, para vencer a timidez, os complexos e todos os fatores negativos que nos prejudicam, não deixando o indivíduo alcançar o seu objetivo de felicidade, fortuna e auto-realização.
Todo indivíduo imbuído de pensamento positivo torna-se simpático, inspira confiança, pois suas feições alternam-se e seu semblante apresenta-se mais radiante e calmo, sem o sobrolho franzido, eliminando a carranca característica dos que estão impregnados de elementos negativos. As funções de seus órgãos vitais são desempenhadas com maior desarrolo, propiciando mais saúde e aclaramento mental.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial